A Psicoterapia breve

terapia

A Psicoterapia breve ou Terapia breve é um tratamento psicológico que tem como especificidade a ênfase no trabalho com um foco. A maioria dos autores trabalha com um limite de tempo, definido logo de início ou depois de algumas sessões.

A abordagem psicanalítica respeita o vértice psicanalítico, ou seja, a investigação da transferência, a interpretação, a neutralidade e as associações livres. A resolução de sintomas não é o eixo principal da terapia, mas a busca da compreensão de sentidos. Seus autores de referência são: Malan, seguidor de Balint, na Inglaterra e Gilliéron na Suiça.

Na abordagem da terapia psicodinâmica, que tem Fiorini como bom exemplo, a teoria é de origem psicanalítica, mas o modo de trabalhar difere do vértice psicanalítico descrito acima, sendo mais diretivo e intervencionista.

A terapia cognitiva baseia-se na premissa da inter-relação entre cognição, emoção e pensamento no funcionamento do ser humano e salienta a importância do pensamento sobre o afeto, o comportamento, a biologia e o ambiente. O terapeuta desta abordagem trabalha com a ideia de que o processamento de informações, ou seja, o ato de atribuir significado a sentimentos, pessoas, fatos, forma a base do comportamento, influenciando a visão de futuro e da própria identidade.

A terapia comportamental trabalha com o pressuposto de que o comportamento responde a estímulos específicos. Um autor importante é Skinner. Conceitos como aprendizagem, condicionamento com reforço positivo ou aversivo, dessensibilização progressiva, mudança de comportamento a partir do treinamento de comportamentos mais adaptados, compõem parte de seu corpo teórico. Não se atém a procurar causas dos sintomas no passado do paciente, como faz a psicanálise. Aliada à terapia cognitiva, é a abordagem mais indicada pelos psiquiatras por ser mais direta e de simples realização.

Agende um visita, possuímos a terapia correta para o seu tratamento.

(11) 2601-3048 / 2606-8926 / 9239-3009